cuidados-com-idosos-acamados-em-casa-empresa-de-home-care-em-porto-alegre-cuidador-de-idosos

Cuidar do idoso que está acamado pode exigir cuidados especiais e uma demanda de tarefas a mais. Saiba nesse artigo, como você deve proceder em situações como essas para garantir uma melhor qualidade de vida para a pessoa idosa acamada.

Depois de um determinado tempo, o idoso se torna mais vulnerável a problemas de saúde como infecções, doenças e enfermidades. Por seu sistema imune não funcionar tão bem como antigamente, seu corpo não é suficientemente forte para lutar contra essas doenças, o que acaba levando o a pessoa idosa a depender de terceiros para receber cuidados e apoio.

Em alguns casos, as doenças mais comuns do processo de envelhecimento acometem tanto o idoso que ele necessita ficar acamado, tornando ainda mais difícil cuidar das suas necessidades diárias, como:

• Higiene

O cuidado com pessoas acamadas envolve diversos aspectos da vida cotidiana, como a higiene, por exemplo. Para garantir um cuidado adequado com a higiene do idoso acamado, fique atento ao fato de que pessoas idosas acamadas precisam de auxílio para higiene corporal e higiene oral. Além disso, cuidar para que as unhas estejam aparadas é importante para que o paciente não se machuque com arranhões. Esta rotina de cuidados com a higiene aumenta a autoestima da pessoa idosa acamada.

• Nutrição

O acompanhamento com nutricionista é fundamental para garantir uma dieta bem equilibrada. Observe e anote os hábitos alimentares da pessoa acamada para ter como referência na hora da consulta. Fique atento também para situações incomuns após a ingestão de alguns alimentos;

Para atender as necessidades nutricionais do idoso acamado, é comum realizar lanches menores ao longo do dia, ao invés de grandes refeições. Tambem é muito importante oferecer com frequência água e outras bebidas não açucaradas para manter a hidratação durante o dia.

Prevenção de feridas

Pessoas acamadas tem grandes chances de desenvolver algumas lesões na pele, pois ficam sentadas ou deitadas na mesma posição por muito tempo. Para evitar e prevenir que estas lesões apareçam, realize a mudança de posição do paciente a cada duas horas. Afinal, estas lesões de pele podem transformar-se em problemas de saúde maiores, resultando em complicações de saúde para o idoso acamado.

Para evitar o surgimento de lesões em pacientes acamados:

  • Incentive o idoso a fazer pequenos exercícios e se reposionar caso tenha capacidade de realizar alguns movimentos.
  • Realize a higiene sempre para manter a pele limpa e seca e utilize hidratantes diariamente.
  • Utilize travesseiros entre as partes do corpo que pressionam uma contra o outra (joelhos e tornozelos).
  • Verifique sempre os tornozelos, calcanhares, quadris, cóccix e nádegas, pois há maior chances de surgirem lesões nestas regiões.

A rotina de cuidados com idosos acamados não é uma tarefa simples e exige muito tempo e dedicação, além de conhecimento técnicos para a realização dos movimentos. Por isso é fundamental contar com um cuidador profissional para garantir a saúde e segurança de pessoas idosas acamadas em casa.


Situações que levam o idoso a ficar acamado

Existem algumas situações que acontecem no decorrer da vida do idoso que podem ocasionar em traumas graves, levando o indivíduo a ficar acamado. Uma dessas situações são as quedas.

Com a chegada da terceira idade muitos são acometidos por alterações funcionais como o distúrbio na “marcha”, que são anormalidades na maneira de caminhar, perda de velocidade, suavidade, simetria e equilíbrio. A diminuição da força na musculatura influencia a reação postural a perturbações externas, resultando na diminuição do equilíbrio e, consequentemente, na queda.

Existem também, doenças que podem prejudicar a função sensório motora dos das pessoas idosas, e também contribuir para que ele fique acamado, como é o caso da Diabetes Mellitus e osteoporose, por exemplo.

A osteoporose é uma condição que tem como sua principal característica a diminuição de massa óssea, que faz com que os ossos fiquem mais frágeis, podendo facilitar para que o indivíduo tenha suas funções prejudicadas.

Outras doenças degenerativas como o Alzheimer e o Parkinson também são grandes fatores de risco para o idoso ficar acamado. Isso porque, essas doenças são progressiva e, com o passar do tempo, comprometem as funções cognitivas e motoras, além das funções básicas, como comer, falar e até mesmo mover-se.

A doença de Alzheimer afeta o cérebro e causa a morte de neurônios, comprometendo a memória, a capacidade de linguagem e o comportamento. Já o Parkinson é causado pela destruição de neurônios, na área conhecida como substância negra. Essa região é responsável pela produção do neurotransmissor dopamina.


A importância da mobilidade para o idoso

É muito importante que ao decorrer da vida do idoso ele se mantenha sempre em movimento, mas sabemos que isso nem sempre é possível, pois algumas pessoas possuem problemas mais graves decorrentes da velhice, como citamos no artigo. Por isso é necessário que familiares próximos estimulem uma vida mais ativa e também em outro caso contrate um profissional cuidador para garantir que o idoso tenha os cuidados necessários e uma rotina mais ativa.

São inúmeras as recomendações médicas sobre a prática de exercícios, e para idosos isso se torna ainda mais importante, principalmente para garantir maior vitalidade e mobilidade ao passar dos anos. O ponto chave para isso, é trabalhar o corpo de forma que ele seja capaz de se sustentar da melhor maneira possível, executando as mais diversas atividades ao longo da vida.

Quando a mobilidade é estimulada ao longo da vida e se mantém com a chegada da terceira idade, as chances são enormes de se garantir uma melhor qualidade de vida na velhice.

É importante lembrar também, que a prática regular de atividades físicas ajuda na prevenção de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, doenças essas que são manifestadas principalmente por hábitos ruins mantidos ao longo de toda vida como, sedentarismo, alimentação desregrada, tabagismo, consumo excessivo de bebidas alcoólicas).

Sendo assim, a prática regular de exercícios físicos desde cedo deve ser adotada para quem deseja manter uma boa mobilidade de forma longeva, bem como diminuir as chances de sofrer com doenças crônicas.


Como estimular um paciente acamado?

Além de garantir uma boa higiene, alimentação e cuidados para prevenir o surgimento de escaras (as chamadas feridas que aparecem na pele de pessoas que permanecem muito tempo na mesma posição) outro ponto importante é estimular o movimento das pernas e dos braços.

Muito indicados, os exercícios de fisioterapia são ótimas alternativas para estimular a contração muscular e o movimento das articulações. Além disso, os exercícios são ótimos para estimular a circulação sanguínea e evitar o surgimento de escaras.

Existem alguns exercícios que cuidadores ou profissionais de fisioterapia podem estar realizando com a pessoa idosa acamada, como, dobrar e esticar lentamente as pernas; abrir e fechar as mãos; dobrar e esticar os braços, fazer movimentos rotacionais com os ombros, entre outros.

É importante que esses exercícios sejam realizados com o auxílio de um profissional da área. Porém, os familiares podem interagir com o idoso em pequenas atividades, sempre demonstrando a importância delas para sua saúde e bem estar.


Quais os benefícios da fisioterapia para idosos

A fisioterapia tem um papel crucial na melhora da qualidade de vida do idoso. Existem exercícios realizados nas sessões que, para o paciente acamado, se tornam ainda mais fundamentais, pois contribuem para a melhora do tônus muscular, mobilidade, equilíbrio, coordenação e recuperação da flexibilidade. São atividades realizadas com bolas de yoga, pesos, elásticos e outros materiais educativos que também divertem o idoso além de contribuir para melhora da sua qualidade de vida.

Importante ressaltar também, que o acompanhamento por um profissional de fisioterapia é fundamental, pois será ele que terá o papel de restabelecer e melhorar a capacidade funcional da pessoa idosa, procurando prevenir o agravamento da sua condição.


As vantagens da fisioterapia como prevenção

A fisioterapia preventiva é constituída por uma série de exercícios físicos e respiratórios que possuem o objetivo manter a funcionalidade e o bem-estar do idoso, bem como evitar ou retardar complicações.

Uma das principais recomendações dessa modalidade de fisioterapia é a reversão de quadros de fraqueza muscular, degeneração articular, dor e cansaço, diminuição da agilidade e falta de equilíbrio.

Isso porque, justamente nessa faixa etária de idade dos 60 anos, os procedimentos e exercícios realizados na fisioterapia preventiva ajudam a prevenir riscos de doenças comuns como diabetes, hipertensão arterial, doenças cardíacas, osteoporose, hérnias de disco, tendinites, bursites, artrose, etc.

A fisioterapia tem como seu principal objetivo, preservar a função motora dos idosos, adiar incapacidades decorrentes do processo de envelhecimento e prevenir o acontecimento de quedas e acidentes, decorrentes da fraqueza no tônus muscular do idoso.


Como contratar cuidadores para cuidar de idosos acamados em casa?

A profissão de cuidador de idosos ganhou muito destaque no cenário nacional nos últimos anos e apresentou crescimento de mais de 500%. Portanto é muito fácil encontrar cuidadores disponíveis no mercado. No entanto, a grande dificuldade das famílias é encontrar justamente a pessoa certa – com habilidades e competências necessárias – para cuidar das necessidades e expectativas de seu familiar idoso em casa.

Além disso, o processo de contratação, gestão e pagamento dos cuidadores é uma tarefa que exige muito tempo e paciência da família, mas que causa inúmeras situações de estresse e desgaste emocional para as famílias, como gerenciar folgas, atestados, férias e todo trâmite burocrático, além dos altos custos com salário, transporte, férias, 13º salário e outros encargos pertinentes à contratação. Confira o passo-a-passo da contratação de um cuidador clicando aqui.

Pensando nisso, a Personale Saúde oferece há mais de 25 anos a melhor experiência na contratação de cuidadores para mais de 2.000 famílias e também a melhor experiência em cuidado humanizado para os idosos no conforto de casa. Cuidamos de todo o processo de contratação, gestão, pagamento e supervisão da equipe de cuidados, aliviando o estresse da família.

Fale com um de nossos especialistas em atendimento domiciliar e conheça as nossas soluções que vão garantir o melhor cuidado para quem você ama, com toda a tranquilidade e segurança para a f

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× Fale Conosco